Redir

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Bicicletas no Mercado Público

Senhores Munícipes:

Tomei ciência da resposta dada por uma servidora do Mercado Público acerca da questão das bicicletas. Apresso-me em desculpar-me com todos os que escreveram à SMIC, alguns indignados, informando que foi uma posição pessoal da colega, que não representa a visão da Secretaria, nem do Governo. A seguir, compartilho nossa visão:

A) É necessário sim o estimulo a transportes alternativos, tanto no diz respeito à qualidade de vida, especialmente no que concerne ao meio ambiente. No caso das bicicletas também uma melhor saúde;

B) De fato o Mercado Público não dispõe de uma estrutura que acomode as bicicletas. Já determinei que providências sejam tomadas no sentido de disponibilizar o mais breve possível um bicicletário;

C) Vale lembrar, sem querer apontar culpas ou responsáveis, que o Mercado tem 141 anos, e que até hoje governos de todas as matizes ideológicas ainda não haviam se apercebido desse lapso, que o presente episodio ajuda a aclarar;

D) Importante registrar também que a origem desse problema de agora, deveu-se ao fato de que uma bicicleta foi acorrentada em um dos portões do Mercado Público, o que também não é correto. Mas compreendemos que certamente isso ocorreu pela indisponibilidade do equipamento adequado para a guarda das bicicletas;

E) Eu próprio, como vereador e líder em 2009, fiz incluir na ordem do dia da Câmara de Vereadores a votação – e trabalhei pela aprovação – do Plano Diretor Cicloviário de Porto Alegre;

Reiterando nossas escusas, lamento somente o teor de alguns e-mails, que se valem de adjetivos e excessos que certamente não contribuem para a construção de caminhos positivos, imputando ao Governo, como disse anteriormente, o equivoco de uma servidora, que também não pode ser condenada por isso. Precisamos exercer a virtude da tolerância.

Por último, dizer que é visão desta secretaria e sob, o comando do Prefeito Fortunati, prestarmos um serviço público eficiente, ouvirmos o cidadão, corrigirmos equívocos e a cada dia tentarmos melhorar nossa cidade.

Atenciosamente,

Valter Nagelstein
Secretário Municipal da Produção, Indústria e Comércio.

6 comentários:

ocetico disse...

Quanto tempo seria "o mais breve possível"? Seria possível estabelecermos um prazo para que possamos verificar a concretização dessas providências?

Fernando disse...

Prezado Secretário,

Acompanhei recetemente a polêmica sobre as bicicletas acorretadas aos portões do Mercado e gostaria de fazer algumas sugestões. Entendo que a instalação imediata de um bicicletário é fundamental. Entretanto, algumas questões ainda ficam no ar:
1) Incentivos ao uso da bicicleta é uma política pública da atual administração?
2) Se sim, quais são as características da população de ciclistas da cidade e como essas informações são integradas ao Plano Cicloviário?
Isso nos leva à questões mais específicas, tais como:
3) Qual é a demanda por esse tipo de estrutura no local?
O que, finalmente, resulta na questão mais prática e objetiva para o momento:
4) Quantas vagas para bicicletas serão instaladas nas proximidades do Mercado?
Se as respostas para essas perguntas já existem, ótimo! Se não, é preciso muito cuidado para que ações emergenciais não se transformem em medidas pontuais inócuas.

RickyBols disse...

Excessos à parte.
Plano Diretor Cicloviário de PA? Prá quando?Em 2009?Estamos entrando em 2011!
Acho que qualquer integrante da Secretaria/Governo que fale por ele deveria ser Secretaria/Governo e não posição pessoal.Se fosse da iniciativa privada já estaria demitido.
É lógico que algumas pessoas exageram no verbo, afinal, esperar atitudes já faz parte da nossa fila de espera semfim por elas.
Enfim, só minha opinião.
Abraço
Ricky Bols

Naldinho disse...

Obrigado pelo esclarecimentos, mas tenho uma dúvida.

Sobre o item B): como podemos acompanhar o andamento das providências determinadas pelo senhor?

Outra coisa: É inteiramente razoável imputar ao Governo o equívoco cometido. Afinal, o email foi destinado à coordenação do Mercado Público e à SMIC. Portanto, qualquer resposta é entendida como representando a posição oficial desses órgãos. Bem, se a servidora cometeu um equívoco, cabe perguntar se ela foi preparada pela Prefeitura.

Obrigado.

Melissa Webster disse...

Secretário, obrigada pela sua resposta ao nosso manifesto e principalmente por tomar providências.

Como já recebemos muitas promessas por parte da Prefeitura que não foram cumpridas até hoje, gostaríamos de saber quando vão ser instalados os bicicletários. Como o custo é muito barato e a instalação simples, não deve ser um procedimento que demore.

Att
Melissa Webster

Jean Scharlau disse...

Parabéns pela correta e positiva reação à percepção de uma necessidade por demanda.

Deixo aqui uma sugestão para o blog: é possível configurá-lo (opções dentre as padrão do blogspot) para dispor os linques para twitter e facebook abaixo de cada postagem, o que ajuda na divulgação das mesmas.