Redir

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

PMDB deve sair imediatamente do governo estadual

É lamentável o envolvimento de figuras históricas do PMDB nas denúncias do Ministério Público Federal. Portanto, sugiro a saída imediata de nosso partido do governo Yeda Crusius. Espero, ainda, que assim que tomarem conhecimento das acusações, os peemedebistas possam provar sua inocência.

Não é de hoje que defendo a saída do PMDB do governo estadual. Tenho manifestado minha opinião na tribuna da Câmara Municipal, no próprio partido e na imprensa. O PMDB deveria ter ficado naquele espaço que a população do Rio Grande do Sul definiu, ou seja, não era um partido do governo. Nós não ganhamos o governo e não deveríamos fazer parte dele. Por isso, defendo há bastante tempo que o PMDB já tivesse desembarcado do governo do Estado.

2 comentários:

Paula disse...

Eu não entendo o envolvimento do PMDB no Governo Estadual, pois a história do partido não condiz com todas essas denúncias de corrupção. Concordo com o vereador, quando ele diz que o PMDB deve se afastar do Governo. Já basta os acontecimento do senado. Nós peemmedebistas não precisamos que a sujeira dos outros respingue em nós.

MARIUS QUIRÓZ disse...

Um dia, quem sabe, os homens e mulheres públicos formem governos focados no bem estar de toda a sociedade.

Hoje, ainda vejo partidos defendendo suas siglas ou grupos e não pessoas defendendo o melhor para todos.

Uma única bandeira empunhada pelos homens e mulheres de bem nesse estado, priorizando orespeito à coisa pública e aos seus irmãos e irmãs do Rio Grande do Sul.

Forte abraço, x3